Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Atlético Mineiro
  1. FutGalo

Arbitragem Contestada: Atlético-MG Acusa Rodrigo Lima de Equívocos

Por Redação FutGalo em 21/06/2024 15:11

Expulsão Contestada

O Atlético-MG entrou com uma denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o árbitro Rodrigo José Pereira de Lima, que apitou a partida contra o Palmeiras na 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube alega que o árbitro cometeu "uma sequência estarrecedora de equívocos" ao expulsar o atacante Hulk por reclamação. O Galo cita imagens que, segundo o clube, demonstram que Hulk se dirigiu à arbitragem de forma respeitosa e não demonstrou desrespeito ou insubordinação. O clube também argumenta que o árbitro utilizou os cartões amarelos como "instrumento de censura às liberdades de expressão e de pensamento".

Lance Polêmico

A expulsão de Hulk ocorreu em uma disputa de bola com Zé Rafael e Murilo. O atacante caiu e o árbitro marcou falta para o Atlético. Hulk se levantou e reclamou, recebendo o primeiro cartão amarelo. Na sequência, continuou a conversar com o árbitro e levou o segundo amarelo, sendo expulso. Na súmula, o árbitro não destacou nenhuma ofensa, mas afirmou que Hulk "partiu em sua direção acintosamente, ficando face a face e gritando de forma desrespeitosa".

Denúncia e Pedido

O Atlético-MG requere que Rodrigo Lima seja denunciado e condenado às mais altas penas relativas às infrações disciplinares cometidas. O clube destaca que "não há como se admitir que cartões sejam utilizados pela arbitragem como instrumento de censura às liberdades de expressão e de pensamento". O documento já está em posse da Procuradoria do STJD, que determinará se o árbitro irá a julgamento ou se o processo será arquivado.

Abuso de Poder

O Atlético-MG acusa o árbitro Rodrigo Lima de abuso de poder e autoridade. O clube argumenta que o árbitro "demonstra desconhecer os fundamentos básicos de nosso Estado Democrático de Direto". O Galo afirma que a expulsão de Hulk foi injusta e que o árbitro utilizou os cartões amarelos para censurar o atacante. O clube espera que o STJD tome as medidas cabíveis e puna o árbitro pelos equívocos cometidos.

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários:
Ranking Membros em destaque
Rank Nome pontos